10/08/2015 09h17 - Atualizado em 10/08/2015 09h17

Fisioterapia Convencional Global

 
Graduada em Fisioterapia pela Universidade de Marília-SP 
CREFITO 16350-F 
Graduada em Fisioterapia pela Universidade de Marília-SP
CREFITO 16350-F

Através de posicionamentos, manobras de transferências e técnicas apropriadas, a Fisioterapia Convencional Global tem como objetivo desenvolver ou manter a capacidade funcional da criança, melhorando sua qualidade de vida, gerando independência e bem-estar.

Mediante uma AVALIAÇÃO minuciosa, deixamos que os pacientes nos mostrem suas necessidades e suas capacidades, possibilitando assim elaborar uma estratégia de tratamento individualizado para cada paciente. O TRATAMENTO baseia-se em proporcionar à criança, a experiência de realizar transferências posturais básicas, tais como: rolar, sentar-se, ficar de gato, ajoelhar-se, até transferir-se para a postura em pé. Para nós, são situações simples do dia a dia, que realizamos sem pensar; mas para uma criança com déficits motores, se tornam grandes desafios. Exemplos de técnicas para tratamento que podem ser utilizadas são: HIDROTERAPIA – a criança se beneficia dos efeitos térmicos da água, permitindo assim maior mobilidade e relaxamento articular, o que será revertido em ganho e autonomia nas suas funções. TREINO DE MARCHA – proporciona a experiência de locomover-se partindo de uma posição ortostática (em pé) com o auxílio de um andador ou outros acessórios que permitam uma estabilidade para desenvolver a marcha. É importante ressaltar que a atuação da Fisioterapia Convencional no processo de Reabilitação terá ainda melhores resultados se aliada às parcerias com outros profissionais (Terapeutas Ocupacionais, Fonoaudiólogos, Psicólogos), pois tratamos do corpo, alma e mente, lidamos com confiança, aceitação, potenciais e expectativas. Devem-se respeitar sempre as condições e limites de cada criança, porém buscando ao máximo sua recuperação funcional e motora.

INDICAÇÕES:

  • PARALISIA CEREBRAL
  • LESÕES ENCEFÁLICAS ADQUIRIDAS
  • MÁS-FORMAÇÕES CONGÊNITAS
  • MIELOMENINGOCELE
  • HIDROCEFALIAS
  • DOENÇAS NEUROMUSCULARES
  • LESÕES MEDULARES
  • OUTRAS PATOLOGIAS QUE ACOMETEM O S.N.C. OU PERIFÉRICO
  • QUALQUER ATRASO MOTOR (independente da causa)

O BRINCAR é maneira na qual a criança aprende e vivencia suas experiências cotidianas, e é através deste brincar que podemos estimular a criança tanto para realizar o aprendizado motor como cognitivo. Sendo assim, a família é de fundamental importância no processo de Reabilitação, pois é ela que conhece verdadeiramente o dia a dia da criança, suas necessidades, vontades e anseios.

Portanto, senhores pais, descubram as potencialidades dos seus filhos especiais brincando com eles, sintam o quanto podem ajudá-los a acreditar que irão vencer seus desafios.

Envie seu Comentário